Iranduba: Belezas Naturais e Agricultura Atrativos Turísticos R - EAD
Artigos

E agora, Estado do Amazonas?

Atualizado em 25/10/11
Por Evandro Brandão Barbosa

O mundo todo agora sabe que a cidade de Manaus foi fundada em 1669, como escreveu o saudoso Mário Ypiranga no seu livro “ A Fundação da cidade de Manaus“. Com a inauguração da Ponte Rio Negro, a cidade de Manaus tornou-se interligado ao município de Iranduba, localizada na margem direita do Rio Negro. A data da inauguração é histórica, 24 de outubro, aniversário de 342 anos da fundação da atual capital do Estado do Amazonas.

Entre as principais autoridades presentes à solenidade de inauguração da Ponte Rio Negro, Excelentíssima Senhora Presidente da República, Dilma Rousseff, e também o ex-presidente da República, Luiz Inácio da Silva (Lula). Durante o seu discurso, a Presidente da República revelou aos participantes do evento que havia trazido dois presentes para o Estado do Amazonas; o primeiro presente é a prorrogação da condição da Zona Franca por mais 50 anos e o segundo presente é a expansão da área da Zona Franca para toda a extensão territorial da Região Metropolitana de Manaus (RMM).

E agora, Estado do Amazonas? Como é que continua a construção de um novo pensar o Amazonas, cujo início ocorreu em 2003, continuou com a definição da área territorial da RMM (Manaus, Manacapuru, Iranduba, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Careiro da Várzea e Itacoatiara), ainda a realização do PROSAMIM, a eleição para tornar Manaus subsede da Copa Mundial de Futebol de 2014; e por último, a construção e inauguração da Ponte Rio Negro? E agora, Amazonas, como é que continua a construção do desenvolvimento socioeconômico do Amazonas?

A expectativa de ter a condição de Zona Franca prorrogada por um tempo maior do que 20 anos tornou-se coisa do passado; agora a Zona Franca está garantida por mais 50 anos, afirmada e reafirmada pela atual presidente da República. O que era sonho (interligar as margens esquerda e direita do rio Negro, a partir de Manaus), agora é realidade. Paralelamente,nascem as expectativas de ampliar as possibilidades de logística de transporte, redução de custos e maior interação educacional, tecnológica, política, cultural e social entre os municípios das margns esquerda e direita do rio Negro. Vitória do Amazonas, vitória da Amazônia. As dúvidas sobre como desenvolver os municípios da Região Metropolitana de Manaus, recém criada, se diluem diante da expansão da condição de Zona Franca para toda a RMM. E agora, como é que tudo continua para elevar o nível de qualidade de vida no Amazonas, na Amazônia?


Fonte: Blog D24am


 

Outros artigos:
 
Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido e mantido por Ewsite.NET | Administração